Novos modelos de Androids

android-brasil
A Futurecom 2009 mostrou que o mundo dos smartphones brasileiros finalmente deve receber uma chacoalhada diferente. O motivo é o Android, que chegará em peso até o final do ano. Falemos então das novidades.
É possível dividir os Androids em duas categorias: os com teclado QWERTY e os full touchscreen, cada um com uma proposta diferente. Começando por aqueles que abdicam do teclado, o HTC Magic e o Samsung Galaxy parecem prontinhos para o mercado nacional.

htc-magic-1

HTC Magic

O Magic, que já passou pelo INFOLAB por duas vezes, é uma evolução extremamente interessante do HTC G1. Já o Samsung Galaxy chama a atenção por sua tela e seu corpão. Para o padrão dos smartphones sem teclado físico, o aparelho é um pouco maior do que o normal.
Na briga por recursos, o Galaxy sai na frente por sua memória interna de 8 GB e câmera de 5 megapixels. No Magic, os poucos megabytes internos são escondidos por um microSD de 1 GB e a câmera de 3,2 megapixels não é fraca, mas não chama a atenção.

samsung-galaxy-android-21

Samsung Galaxy

No quesito interface, o HTC Magic parece mais pronto. Cheio de widgets bacanas e pontes rápidas para acesso a redes sociais, o aparelho sai na frente do Galaxy, que só vem com widgets pré-instalados da TIM, o que pode tornar a vida de um usuário não tão entendido em algo decepcionante. Mas ambos contam com aquele pacote básico de conexões aos serviços do Google, uma mão na roda para qualquer um.

E para quem prefere um teclado?

A Motorola, uma das marcas que precisava de um chacoalhão para mudar sua imagem, aposta muitas fichas no Dext. Lá fora, ele foi lançado com ares de última chance de salvação para a empresa no ramo dos celulares. Já o LG GW620 fez uma aparição acanhada demais para um smartphone tão esperado, mas há motivos para isso.

motorola-dext2

Motorola Dext

A aposta da Motorola tem um belo teclado físico em formato slide e paga o preço por isso. Gordinho, ele não é dos mais práticos no bolso. O LG também aposta no teclado QWERTY deslizante e tem um acabamento mais sofisticado, com detalhes metálicos interessantes.
Mas, como era de se imaginar nos Androids, suas diferenças reais ficam mesmo na forma como o sistema operacional foi redesenhado. No Dext, o MotoBlur, versão do Android criada pela marca, a experiência em redes sociais é exageradamente utilizada. Mesmo com interface interessante, formato intuitivo e boa resposta, o excesso de janelas pipocando na sua frente pode deixá-lo maluco em questão de segundos.
Já o LG GW620 está com o sistema tão cru, mas tão cru, que sequer pudemos navegar em paz nele. Sua interface ainda está extremamente lenta e esse é o motivo para sua chegada não receber fogos de artifício e champanhe por parte da LG. Possivelmente em sua primeira aparição mundial, o aparelho precisa ainda de muitas modificações no software, o que fez a marca “escondê-lo”, dando mais ênfase ao Chocolate BL40.

lg-gw620-android-3

LG GW620

Na hora de abrir a carteira…
Como era de se imaginar, nenhum smartphone com Android chegará barato ao mercado nacional. O pessoal da Claro, que terá o Dext com exclusividade até o primeiro trimestre de 2010, chegou a dizer que o preço do aparelho seria “no nível do iPhone”. Mas já sabemos que seu preço desbloqueado será 1 599 reais.
Já o Galaxy, que será vendido pela TIM, tem como preço sugerido 1 799 reais para o aparelho desbloqueado. Por meio de seu site, a TIM já faz pacotes para o smartphone, derrubando o preço para até 599 reais.
O HTC Magic e o LG GW620 não têm preço confirmado, mas ambos estavam no estande da TIM, que promete trazê-los até o Natal. A aposta é que realmente os Androids mudarão o mercado de smartphones no Brasil, que não contava com tantas opções de alto nível, mas só para quem estiver disposto a desembolsar uma boa grana.

Bônus: Huawei Pulse

huawei-pulse-futurecom1

Huawei Pulse

Eu não vi, mas nosso colega James Della Valle viu: a Huawei, que prometeu um Android para o Brasil lááááá em fevereiro, mostrou na Futurecom o U8220, mais conhecido como Pulse. Pelas primeiras impressões do James, o aparelho tem uma tela de muito respeito. O problema é que, diferente do que tinha falado antes, que lançaria com a TIM, a marca diz que ainda está em conversações com as operadoras. Mas também não quer perder a festa do Natal.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: