Como fazer imagens HDR

Finalmente, as famosas imagens com efeito HDR estão ao seu alcance. Acompanhe nossas dicas e crie as suas.

Não é de hoje que temos recebido emails de usuários pedindo um tutorial para criar imagens com efeito HDR. Evidentemente, não poderíamos deixar de atender um pedido tão especial, por isso hoje iremos mostrar a você o complexo processo da criação de imagens HDR. Este passo a passo pode ser realizado por qualquer usuário que tenha um conhecimento mínimo de edição de imagens e saiba como utilizar uma câmera digital.

Fotos imperfeitas

Você já reparou que as fotos capturadas com sua câmera digital raramente ficam idênticas às cenas que você visualizava no momento da foto? Normalmente, isso acontece porque as câmeras não conseguem capturar todos os detalhes de uma cena. Mesmo a mais perfeita câmera pode falhar ao capturar uma imagem, porque vários fatores influenciam no momento da captura.

As câmeras possuem limitações

Como você já deve ter reparado em sua câmera, ela possui diversas configurações e opções. As câmeras atuais já possuem regulagem automática, mas se você tentar utilizar sempre essa regulagem verá que as fotos nem sempre ficam do jeito que você esperava. Evidentemente, as máquinas digitais possuem opções manuais, contudo, mesmo utilizando estas configurações suas fotos ainda não ficam perfeitas.
Isso ocorre porque sua máquina possui várias limitações. Além da famosa quantidade de megapixels, que influencia muito no resultado das imagens, as câmeras ainda depende de iluminação, exposição, níveis de contraste e brilho, a pró-pria lente e muito mais. Pensando nisso, um fotógrafo desenvolveu uma técnica chamada HDR, para que as imagens pudessem apresentar uma qualidade melhor e para que as cenas ficassem mais nítidas.

Conheça o HDR

O HDR é uma técnica utilizada em imagens ou vídeos para aumentar o alcance dinâmico, ou seja, um método utilizado para proporcionar um ganho de contraste, de forma que todos os objetos de uma imagem fiquem visíveis (e nítidos) e com uma intensidade de iluminação muito parecida. A sigla HDR significa Alto Alcance Dinâmico (do inglês, High Dynamic Range) e faz referência à modificação realizada numa imagem para que a cena tenha um alcance maior entre os níveis claros e escuros. Veja abaixo a diferença entre uma imagem comum e uma com efeito HDR.

O processo

Agora que você já sabe o que é o HDR, está na hora de criar suas pró-prias imagens. O processo de criação de uma imagem consiste em algumas etapas: configuração da câmera, captura das fotos e edição com softwares. Iremos abordar detalhadamente cada parte do processo, para que você tenha uma noção melhor de fotografia e de como criar suas imagens com efeito HDR. Vamos lá.

Prepare sua câmera

Evidentemente, para poder criar uma imagem HDR será necessário utilizar uma boa câmera. Queremos salientar que nem toda câmera é capaz de capturar imagens para esta tarefa, porque é necessária uma câmera que possibilite o ajuste de exposição. O ajuste de exposição é necessário para você capturar determinada cena com diferentes tons de iluminação. Sem o ajuste de exposição (EV) é impossível capturar imagens que resultem numa imagem HDR.

Em nosso teste utilizamos a Panasonic FS3, uma câmera de 8 Megapixels com regulagens de exposição variando entre -2 e +2. Se você for utilizar esta câmera, basta selecionar o modo “Cenário” para poder modificar o nível de exposição quando necessário. Caso sua câmera seja outro modelo ou de outra marca, pesquise no manual, o modo de configuração que permite regulagens de exposição.

Capturando as imagens

Pois bem, agora que já falamos sobre a câmera, está na hora de capturar algo. Primeiramente, queremos salientar que para criar uma imagem HDR você precisa capturar três (ou mais) imagens no mínimo. Obviamente, as três imagens que devem ser capturadas, terão de ter o mesmo conteúdo, não poderão ser tremidas e deverão conter apenas objetos parados. Pessoas ou objetos em movimento atrapalham a criação da imagem HDR, portanto, nem pense em tentar continuar com o projeto sem capturar três imagens descentes!

Para capturar as imagens de maneira igual é necessário que você utilize um tripé, para que a câmera não balance a não mude de posição. Na falta de um tripé, apoiar a câmera numa superfície já é suficiente — e talvez até melhor. Agora que você já providenciou um local para apoiar a câmera é hora de capturar as imagens.
1) Primeiramente, escolha uma cena interessante, de preferência que mostre coisas da natureza (como o céu, árvores ou um gramado).

2) Agora posicione a câmera num local onde apareçam vários detalhes e que você pense ser uma cena interessante para utilizar o efeito HDR.

3) Sem tremer a câmera, modifique o nível de exposição para -2. Capture a imagem.

4) Continue com a câmera imóvel e mude o nível de exposição para 0 (zero). Capture a segunda imagem.

5) Nada de tremer, esta é a última foto. Altere o nível de exposição para +2 e capture a terceira imagem.

6) Verifique cada uma das fotos e se achar necessário tente capturar novamente.

Hora de criar o efeito

Pois bem, estudamos a fundo o efeito HDR e chegamos a conclusão de que editores comuns não são tão bons para criar este tipo de imagem. Nem mesmo o Photoshop e o GIMP conseguem resultados aceitáveis, por isso iremos indicar um software diferente. O programa que utilizaremos é o Qtpfsgui, que você pode encontrar para baixar gratuitamente aqui no Baixaki. Baixe este software e instale-o, após isso siga os procedimentos indicados abaixo.

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD

1) Abra o programa e clique em “New HDR” (novo HDR).

2) O aplicativo irá requisitar o carregamento das imagens que você capturou. Clique em “Load Images” (Carregar Imagens) e indique as três fotos.

3) O programa deve ter calculado automaticamente o nível de exposição de cada foto. Mas caso esteja errado, você pode regular manualmente.

4) Agora, você deve marcar a caixa “Auto Align Images” (Alinha Automaticamente as Imagens). Selecione o modo “hugin’s align_image_stack”.

5) Clique em “Next“ (Próximo) para proceder.

6) Na próxima tela você pode ajustar o modo como as imagens serão sobrepostas. Você pode testar cada modo para ver qual fica melhor, mas indicamos o “Antighosthing Mask” ou “Editable Only”.

7) Clique em “Next” para continuar.

8) Nesta janela você não precisa alterar nada, basta clicar em “Finish” (Finalizar).

9) Você irá perceber que o resultado não está tão satisfatório, porém o processo ainda não acabou. A imagem que o programa gerou é apenas uma imagem que regula vários níveis de cores, mas que não aplica o HDR. Para aplicar o efeito HDR será necessário você clicar em “Tonemap the HDR”.

10) Uma nova janela é aberta, onde você tem diversas opções. Na parte superior da janela, você pode configurar a resolução da imagem. A princípio, utilize uma resolução baixa, pois assim é possível visualizar os vários resultados que o aplicativo pode proporcionar.

11) Logo abaixo você pode verificar que existem algumas abas. Cada aba serve para que o usuário teste resultados em HDR com diferentes filtros. Você pode testar todos e ficar horas analisando qual é o melhor para sua imagem. Em nossos testes verificamos que o melhor filtro para 90% dos casos é o “Fattal”. Portanto, configure-o como na imagem abaixo para obter resultados excelentes.
12) Depois de utilizar o filtro Fattal com uma resolução grande (maior do que 1024×740), basta salvar o arquivo clicando no botão “Save as…” (Salvar como). Escolha o formato (JPG resulta em uma qualidade aceitável sem ocupar muito espaço) que mais lhe agrade e mostre suas imagens para todos. Confira abaixo nossa foto inicial e o resultado depois de aplicado o efeito HDR.

Ajustes finais

Bem, sua imagem com efeito HDR já está pronta, mas caso você não esteja satisfeito, é possível fazer alguns ajustes. Veja algumas dicas:

• Faça imagens HDR com diferentes filtros e depois mescle no GIMP.

• Tente sobrepor as imagens originais com o resultado final.

• Abra a imagem final com o GIMP e altere níveis de cor, brilho, contraste e saturação.

• Utilize filtros de iluminação para dar uma impressão de maior realismo.

• Edite a imagem com o GIMP, escurecendo o que achar necessário, clareando o que desejar. Deste modo, a imagem fica com um charme a mais.

Nosso tutorial sobre imagens HDR acaba por aqui. Espero que vocês obtenham bons resultados e compartilhem conosco suas experiências. Visite sempre o Baixaki, em breve traremos novas dicas para você criar incríveis imagens. Confira abaixo alguns papéis de parede com o efeito HDR. Até uma próxima!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: