10 anos de MSN, conheça a evolução deste comunicador

Fonte: Baixaki

O Windows Live Messenger completa 10 anos. Relembre as versões antigas e veja como este programa evoluiu.

O Windows Live Messenger que você conhece hoje surgiu há 10 anos. Nesse período, foram nove versões principais lançadas, cada uma com Betas, atualizações, bugs, reparos e tudo mais. Como é facilmente dedutível, nem sempre as mensagens e as imagens de exibição foram dinâmicas. Pelo contrário, este comunicador começou com uma simplicidade inimaginável atualmente. Então, o que as primeiras versões deste comunicador ofereciam? É o que este artigo vai mostrar para você!

Como tudo começou, o MSN Messenger Service 1 e 2

O anúncio foi feito no dia 21 de julho de 1999. Surgia o MSN Messenger Service, o serviço gratuito de mensagens instantâneas da Microsoft. Era um comunicador de usuários do Hotmail e do AOL Instant Messenger.

A primeira interface do MSN Messenger Service!

Integrado com o Internet Explorer 5, Outlook Express 5, Hotmail e NetMeeting, o comunicador – cujo arquivo de instalação tinha apenas 320 Kb – tinha como grande destaque sua execução em pano de fundo e os alertas automáticos de contatos online (uau!). “Os usuários podem especificar que eles se encontram distantes do computador ou podem ser marcados automaticamente como ‘ausente’ se não usam o computador por um período específico”, afirmava o anúncio oficial do lançamento.

Esta primeira versão contava com recursos básicos. As mensagens só continham texto pleno e a lista de contatos era bastante simples. Não havia nenhum outro tipo de recurso a não ser conectar, desconectar, alterar status, adicionar e alterar entre identidades de outros usuários, adicionar e deletar contatos.

A barra de ferramentas – a qual podia ser ocultada – era composta por apenas quatro botões: adicionar, enviar, status e web. Não se engane com esta função de enviar! Não é o famoso enviar arquivo que você já está acostumado. Nada mais é do que a possibilidade de enviar uma mensagem instantânea, um convite para que uma pessoa ou então uma mensagem de email via Outlook 5.

As opções eram poucas. Hoje há várias categorias de configuração no Windows Live Messenger, mas eram apenas quatro abas no MSN Messenger 1.0:

Geral – exibir ou não o ícone do MSN Messenger, mantê-lo permanentemente conectado, mostrar como inativo após determinado tempo ocioso. As notificações podiam ser bem controladas. Bem, nem tanto, uma vez que só era possível escolher entre a exibição de uma mensagem na “chegada” de um contato ou a execução de sons ao receber mensagens.

Privacy – desde os primórdios, a Microsoft sabia da importância de um dos melhores recursos de qualquer comunicador instantâneo: o bloqueio.

Contas – definição das contas do MSN e do AOL Instant Messenger.

Connection – configuração de servidor Proxy. Na parte de baixo ficava um campo para fazer buscas na internet. Hoje, a página com os resultados não é retornada. Mais abaixo encontrava-se o campo de status – o qual também podia ser oculto.

Tela de configurações do programa.

Pequena modificação na barra de botões.

A segunda versão do MSN Messenger Service foi disponibilizada no dia 16 de novembro de 1999. A principal novidade foi a possibilidade de customizar a aparência da janela de conversação. Outras modificações, mais sutis, incluíam um banner de anúncios e a troca do botão Web pelo botão Mail. Em termos de visualização, a janela do MSN Messenger podia ser posicionada acima de todas as outras janelas.

O MSN Messenger Service 2.0 foi distribuído como uma opção de instalação para o Windows Me.

E surge a voz com o MSN Messenger Service 3

A terceira geração do Messenger chegou em maio de 2000. A interface praticamente não mudou, mas o programa ganhou alguns atrativos que começavam a rechear este comunicador. Foi nesta versão que surgiu a transferência de arquivos entre contatos. Mas esta não foi a maior novidade.

O MSN Messenger Service 3.0 foi a primeira versão que permitiu a realização de bate-papos em viva-voz. O requisito para utilizar este serviço? Um microfone e um kit multimídia, vulgo placa de áudio e caixas de som. Ele utilizava o Net2Phone, um dos primeiros provedores VoIP. O MSN Messenger Service 3 também foi o primeiro serviço para envio de mensagens instantâneas para pagers e celulares no Brasil.

As configurações foram aprimoradas. Lembra-se que eram apenas quatro abas na primeira geração? Já esta versão apresentava seis abas de configuração. Uma aba nova era destinada à configuração de números de telefone para o envio de SMS, e a outra dava mais atenção às informações pessoais e de perfil do usuário.

Outra modificação, mais sutil, foi a troca do botão Mail, que passou a se chamar Page. Nas atualizações seguintes, a barra de ferramentas foi extinta.

As três primeiras versões do Messenger com o olhar do Vista.

Surge o Windows XP e, com ele, o MSN Messenger 4.6

O Windows Messenger, versão para o Windows XP, a grande novidade da época.

Em março de 2001, o MSN Messenger Service tornou-se o comunicador mais utilizado, com 29,5 milhões de usuários. Juntamente com o lançamento do Windows XP, em outubro de 2001, veio a versão 4.6 do comunicador. O serviço passou a se chamar simplesmente MSN Messenger e esta versão era compatível com o Windows 95, 98, Me, NT 4.0 e 2000. Para o Windows XP, a Microsoft desenvolveu outra versão, o famoso Windows Messenger, que já vinha instalada no sistema.

No MSN Messenger – ou seja, a versão para sistemas anteriores ao XP –, as diferenças sensíveis ficam por conta da modificação visual e do melhor gerenciamento e organização de contatos. Em termos de funções, poucas foram adicionadas, como a importação de contatos para um arquivo e maior integração com os serviços NetMeeting.

Já o Windows Messenger apresentou modificações mais perceptíveis, como o suporte a conversas com vídeo e a possibilidade de utilizar complementos (add-ins). Um desses add-ins conectava você a salas de bate-papo com outros usuários. Esta versão também marcou a integração do Messenger com o .NET Messenger Service.

O MSN Messenger 5: mais cuidado com cores e com o visual.

MSN Messenger 5 investe mais no visual

Em setembro de 2002, o comunicador já contava com 75 milhões de usuários. Lançada em outubro daquele ano, esta foi a versão que marcou um novo visual no comunicador. Foi a primeira versão que podia ser instalada juntamente com o Windows Messenger no XP. A interface é mais bem trabalhada, o ícone na barra de sistema é mais bem detalhado e o bonequinho do MSN passou a ser bastante característico.

Em termos de funções, o destaque era a transferência de arquivos com UPnP (Universal Plug and Play) e novos plug-ins, como a interface semelhante ao Windows Media Player.

Os recursos começam a rechear o MSN Messenger 6

Em julho de 2003 foi lançada uma nova versão e ela representou uma considerável virada na história deste comunicador. Para começar, o texto das mensagens agora podia ser recheado com emoticons, imagens de exibição e fundos personalizáveis. A primeira atualização para esta versão trouxe melhorias para a janela de conversação, permitindo aos usuários esconder a borda e a barra de menu, além de definir uma cor diferente para cada contato.

A versão 6 se preocupou em adicionar mais recursos.

A última atualização desta versão foi lançada em abril de 2004. As modificações mais notáveis eram o grupo para contatos de aparelhos móveis e um assistente para problemas de conexão. O gerenciamento de contatos foi bastante aprimorado, ganhando um menu específico com várias opções, entre elas adicionar, procurar, organizar e salvar.

O destaque foi para a possibilidade de enviar sua imagem de webcam e iniciar uma videoconferência. As configurações de webcam são basicamente as mesmas oferecidas até hoje. Já entre as ferramentas, uma ótima novidade era a possibilidade de criar seus próprios emoticons e imagens de fundo. O histórico de mensagens também apareceu nesta versão.

Versões 4, 5 e 6.

MSN Messenger 7

O MSN Messenger 7.

O MSN recebeu um enorme upgrade em abril de 2005 com o lançamento da sétima versão do programa, a última que podia ser executada no Windows 98 e Me. Além da grande mudança na interface, aqui surgiram os winks e os anúncios para você adquirir imagens de exibição animadas, emoticons e panos de fundo. Esta versão também apresentou o recurso de integração com o Xbox Live.

Uma atualização – 7.5 – foi lançada em agosto de 2005 e marcou o fim da era MSN Messenger. Foi a última versão a usar este nome. As grandes novidades eram os fundos dinâmicos e o protocolo “msnim”, o qual permitia a adição de contatos e o início de conversas através de links em páginas. da internet.

Outra novidade que chamou a atenção foram os clipes de voz. Bastava apertar e segurar a tecla F2 para gravar uma mensagem de áudio com duração de até 15 segundos. A janela de conversação foi ligeiramente modificada com a adição do botão para vídeo.

Windows Live Messenger, muitas mudanças

Em novembro de 2005, foi anunciado o Windows Live Messenger como substituto do MSN Messenger. Essa mudança de nome tinha o objetivo de fortalecer e unificar os programas com a marca Windows Live. A primeira versão de testes foi disponibilizada no mês seguinte ao anúncio para usuários específicos em diferentes mercados.

A tela inicial do novo comunicador da Microsoft apresentava uma nova logomarca no topo, imagem de exibição à esquerda em uma área menor para exibição de informações pessoais, além de ícones de atalhos para outros serviços Live. Abaixo, uma pequena barra possibilitava a busca, adição e ordenamento dos contatos.

Surgiu aqui o padrão atual de exibição dos nomes dos contatos, com o apelido destacado e a mensagem pessoal mais discreta. Voltaram os ícones de status e a aba lateral com diferentes tipos de ícones. Na janela de conversação, a imagem de exibição passou a ser escondida ou exibida com uma simples seta, e os menus passaram a ser compostos exclusivamente por ícones sem texto.

Mudança de nome e muitos novos recursos.

Foi nesta versão que finalmente o Messenger percebeu que nem sempre é bom dar as caras para todos os contatos. Quem um dia nunca precisou “se esconder”? A partir desta versão, tornou-se possível enviar mensagens mesmo aparecendo como offline.

Já em termos de personalização, passou a ser possível a modificação da cor de fundo das janelas. A última versão de testes foi lançada em 2006 com várias melhorias, mas sutis. Novos ícones foram adicionados e pequenos detalhes das janelas foram aprimorados. Em junho, foi lançada a versão oficial final do Windows Live Messenger 8.0, com poucas modificações, como por exemplo a troca do status “Ao telefone” para “Em uma ligação”. Foi aqui que o Windows Live ID substituiu o Microsoft Passport Network.

A versão Beta da primeira atualização (8.1) foi lançada em outubro de 2006 e trouxe uma ótima melhoria interativa: o recurso de “nômade”, ou seja, um mesmo nome de usuário e imagem de exibição que aparecem em qualquer computador conectado. Nas janelas de conversação, uma novidade deixou a utilização dos recursos mais prática: uma nova lista com os itens recentemente utilizados. Estes itens incluem emoticons, winks, imagem de exibição e menus de fundo.

Aqui surgiu a compatibilidade com os contatos do Yahoo! Messenger, bastando adicionar esses contatos para conversar sem precisar outro programa. A versão 8.1 final foi lançada em janeiro de 2007. Todas as versões anteriores a esta foram consideradas obsoletas a partir de setembro daquele ano devido a uma falha de segurança identificada.

Linha do tempo

Windows Live Messenger 8.5, a revolução

Este foi o marco na história do comunicador da Microsoft. Esta é, de longe, a versão que mais trouxe novidades, melhorias e modernidades. A primeira versão de testes foi disponibilizada em maio de 2007 para alguns países. A partir desta versão, o Messenger passou a ser instalado dentro de uma pasta criada especialmente para os componentes do Windows Live em um computador. No menu Iniciar, uma pasta chamada Windows Live comportava os atalhos do programa.

A primeira grande mudança desta versão era a instalação, que na verdade era um instalador de vários componentes do Windows Live. Entre os componentes disponíveis, estava o comunicador. O design da versão 8.5 é totalmente novo e mais moderno, com o estilo visual do Windows Vista, marcado por efeitos e cores mescladas e a possibilidade de escolha de cores para o fundo das janelas.

A versão que mais trouxe melhorias no serviço.

O compartilhamento de arquivos foi facilitado com a criação de pastas para cada contato. Os arquivos são acessados como em um ambiente de rede. Esses arquivos podem ser copiados facilmente para qualquer outra pasta no computador.

Em termos de gerenciamento de contatos, esta versão trouxe muitas facilidades. A primeira delas é a barra de pesquisa para achar contatos com mais facilidade. Foi nesta versão também que se tornou possível você definir o apelido dos seus contatos, algo ótimo para aqueles seus amigos com nomes bizarros.

Uma sutil modificação, porém bastante útil para muitos usuários, foi o agrupamento de mensagens seguidas enviadas pelo mesmo usuário. Ao invés de exibir em todas as mensagens “[nome do contato] diz:”, essa indicação é apenas feita em uma mensagem posterior a uma mensagem do outro contato.

Os emoticons também ganharam atenção especial nesta versão. Eles ficaram, literalmente, mais animados. Foi com esta versão que os emoticons explodiram e atingiram uma popularidade incrível. A partir daí, pacotes e até mesmo ferramentas para a criação deles bombaram e eles se tornaram um atrativo especial do Messenger.

Emoticons animados explodiram este recurso.

O envio de mensagens para celulares passou por uma reformulação em determinadas localidades.

A versão 8.5 do Messenger começou a investir bastante em interatividade, saindo da ideia de somente conversar em tempo real. Além das melhorias em termos de compartilhamento de conteúdo, diversos jogos foram disponibilizados para desafios em tempo real. Outro exemplo de interatividade é o MessengerTV. Com este recurso, você e seus amigos podem se divertir e assistir, simultaneamente, aos mesmos canais de TV, trailers de filmes, notícias do esporte e qualquer arquivo do MSN Vídeos.

O MessengerTV, mais uma interatividade entre contatos.

Windows Live Messenger 2009

A mais recente versão do Messenger chegou oficialmente no comecinho de 2009 (a versão Beta começou a ser distribuída a membros selecionados no final de 2007 e ao público geral em agosto de 2008) com uma grande e impactante transformação.

As principais novidades das primeiras versões de testes incluíam proteção contra spam, a possibilidade de se manter conectado em mais de uma máquina, imagem de exibição dinâmica, sons individuais para diferentes ações dos contatos e links na área de status. Mas não parou por aí. Versões – ainda de teste – posteriores apresentavam interface modificada, cenários como fundo das janelas de conversação, novos ícones para status dos contatos, lista de contatos favoritos, um novo modelo de compartilhamento de fotos com a possibilidade de explorá-las na janela de conversação, uma área com as últimas atualizações dos contatos, o reposicionamento da imagem de exibição para o lado esquerdo da janela de conversação e uma borda colorida que indica o status de tal contato.

Novidades que deixaram o comunicador ainda mais dinâmico.

Assim como muitos recursos apareceram, vários outros caíram, como a possibilidade de complementos e transferência de arquivos para contatos offline. Os status “Volto logo”, “Em horário de almoço” e “Em uma ligação” foram eliminados, assim como o botão “Ir para meu espaço”. A configuração da webcam durante chamadas de vídeo também “foi colocada para dormir”. Já alguns jogos passaram a ser disponíveis somente para regiões determinadas. Outros recursos não foram extintos, mas foram substituídos. As pastas compartilhadas, por exemplo, passaram a utilizar o Windows Live SkyDrive.

A versão do tipo RC (Release Candidate, ou seja, provável oficial) foi lançada em dezembro de 2008 e apresentava ainda mais mudanças. A tela de login foi modificada e cerca de 200 bugs foram consertados. A barra de ferramentas e os menus típicos foram removidos, sendo acessados através do botão “Mostrar Menu”.

Como você pôde perceber, foram 10 anos de muitos recursos que chegaram, outros que caíram. E você, quais são suas lembranças do MSN Messenger / Windows Live Messenger. Ajude-nos a complementar ainda mais este histórico, envie seu comentário com os recursos que você utilizava. Não deixe de participar.

Funções das versões do MSN

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: